}

terça-feira, 24 de maio de 2016

[RESENHA] A Árvore do Halloween - Ray Bradbury

Por Patricia Christmann


A Árvore do Halloween



Ano: 2014 


Páginas: 160
Idioma: português 

ISBN: 9788528614787
Na noite do dia 31 de outubro, em uma pequena cidade dos Estados Unidos, oito garotos vestem suas fantasias e saem às ruas em busca de Gostosuras ou Travessuras. Ao perceberem o desaparecimento de um nono integrante, o grupo decide explorar a casa mal-assombrada do outro lado da imensa ravina. Nos fundos da propriedade, eles descobrem uma gigantesca e magnífica árvore, repleta de abóboras de diferentes tons, formas e tamanhos. Em cada uma delas, há um rosto talhado. Eles nem imaginam o que estão prestes a conhecer.
A trama, por meio de metáforas e personagens históricos, dá uma aula a respeito desta data tão comemorada ao redor do planeta. Os jovens, na perseguição pelo amigo desaparecido, viajam pelo tempo, passando pelo Egito Antigo, pela Grécia dos filósofos, e pela Paris medieval, aprendendo as origens do Halloween, bem como o porquê do terror, das mortes e das assombrações associados a ele. 



Gostosuras ou travessuras?
Que tal as duas!
Um livro muito divertido e envolvente, A Árvore do Halloween nos ensina o verdadeiro significado do dia do Halloween.
Numa linda e assombrosa noite de Halloween, oito garotos vestidos com suas fantasias saem pela cidade em busca de gostosuras ou travessuras, mas não seriam nove? 
- Seis, sete, oito.
-Não pode ser! Conte de novo.
-Quatro, cinco, seis...
-Deveríamos ser nove! Esta faltando alguém!
Eles farejaram, como feras amedrontadas.
-Pipkin não esta aqui!
Como eles sabiam? Todos estava, ocultos por mascaras. Mesmo assim... Mesmo assim...
Eles podiam sentir sua ausência.
E numa busca desenfreada por seu mais querido amigo, essa turma de garotos encontra uma velha mansão com mil janelas empoeiradas e uma estranha e maravilhosa arvore de Halloween em seu quintal.
Aí que toda a diversão começa. Montarlha, um velho vestido com uma capa(que imagino como uma daquelas múmias de tão velho) os leva a tempos distantes para encontrar Pip, o qual apenas pede socorro e desaparece de todos os lugares de todos os tempos.
Mas será ele encontrado? E os oito garotos conseguiram retornar a suas casas em segurança? Ou ficaram presos em alguma era distante e apavorante?
Com 155 paginas Ray Bradbury nos trás uma versão inédita do Halloween, explorando seu significado através dos seculos e tornando nossos medos reais. Uma capa muito criativa e chamativa, e uma escrita de fácil entendimento e de uma rapidez incrível. Difícil largar. Fácil de se envolver.
E de bônus, temos as lindas ilustrações que nos levam a viajar com nossos queridos personagens.
                                     

Ideal para leitores iniciantes, pois induz a imaginação e a curiosidade de um jeito muito divertido.