}

domingo, 10 de julho de 2016

[RESENHA] Harry Potter e a Pedra Filosofal, J. K. Howling

Por Patrícia Christmann e Amanda Medeiros


Harry Potter e a Pedra Filosofal
J.K. Rowling
Ano: 2000 / Páginas: 224
Editora: Rocco

Sinopse: Conheça Harry, filho de Tiago e Lílian Potter, feiticeiros que foram assassinados por um poderosíssimo bruxo, quando ele ainda era um bebê. Com isso, o menino acaba sendo levado para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais, o terrível Lorde das Trevas. 
O menino de olhos verdes, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais.


Harry Potter e a pedra filosofal é o primeiro livro da Saga Harry Potter. O inicio da magia.“O menino que sobreviveu” Harry foi morar com seus tios, os Dursley, ainda bebê. Cresceu vendo seu primo Duda ser regado a tudo do bom e do melhor, enquanto Harry recebia restos e era tratado como lixo. 
"Quando era mais novo, Harry sonhava muitas vezes com um parente desconhecido que vinha levá-­lo embora, mas isto nunca acontecera; os Dursley eram sua única família. Ainda assim, ele achava (ou talvez fosse só uma esperança) que estranhos na rua o conheciam."
Sua vida se resumia a trabalhos domésticos e a tentar se salvar das armadilhas de Duda, que era um menino mimado e estúpido. Harry dormia em um armário de vassouras e sempre sonhava com seus pais, os quais tinham morrido em um acidente de carro que lhe deixara com uma cicatriz em forma de raio na testa.Mas quando estava prestes a completar seus 11 anos, tudo mudou. Uma carta, a tão sonhada carta que estou esperando até hoje!

J.K.Rowling tranforma um garoto raquítico e sem graça no garoto mais invejado do mundo! Quem nunca sonhou em receber a Carta de Hogwarts? Com uma linguagem simples e divertida, este livro se tornou um marco na vida de milhares de pessoas. Trouxe a magia que faltava na vida de muitas pessoas, sejam elas crianças, adultos ou idosos.

Harry Potter, um garoto solitário e maltratado, torna-se uma pessoa inspiradora que vive muitas aventuras com seus amigos Rony Weasley e Hermione Granger. Hermione sempre a mais inteligente da turma, sabe responder a todas as perguntas dos professores e por ser filhas de trouxas (pessoas que não são bruxos), acredita que tem que fazer por merecer. Rony é o mais atrapalhado filho dos Weasley, um casal que mesmo com seus 6 filhos, acolhe Harry como se fosse um membro da família. Uma história sobre bruxaria e amizade, que nos faz ver o valor de cada amigo que temos, principalmente aqueles capazes de arriscar a vida por nós. 

Mas nem tudo é tão simples assim! Na escola de magia os garotos se deparam com vilões, trasgos, poções....

As aulas de magia são a alegria dos garotos. Em Hogwarts existem os professores legais e o professor Severo Snape, cujo apelido deveria ser Implicante Snape. Tem como gostar dele?! Draco Malfoy, um menino rico e mimado que a todo momento tenta sabotar os planos de Harry ou prejudicá-lo.

Harry, o famoso Harry Potter, aquele de que todos esperam algo extraordinário, mas que na verdade sabe apenas se meter em muitas confusões. Mas Coragem deveria ser seu apelido. Harry, o menino mais corajoso de hogwarts, juntamente com seus amigos Rone e Mione descobrem um cão de três cabeças que esconde um segredo. Descobrem também que este segredo está ligado a Nicolau Flamel e que Sanape tem a intenção de roubar o que  cão esconde. Mas o que esse cão guarda? As três crianças terão a chance de tentar salvar o que quer que o Fofo esteja guardando. Sim!!! O cão de três cabeças se chama Fofo!

Mas e “Aquele-que-não-deve-ser-nomeado”? Será que Harry vai realmente descobrir tudo sobre o seu passado? Até as partes mais obscuras e dolorosas? E conseguirá continuar sendo "O Menino que sobreviveu"? Harry embarca em uma aventura que o ajudará a desvendar alguns mistérios sobre seu passado e ainda ajudará a escola de magia a ser segura novamente.

Este primeiro livro é um livro de grandes descobertas. Harry que nem sabia da existência de bruxos passa a viver em um mundo totalmente diferente do que vivia anteriormente. E do sobrinho dos Dursley que mora em baixo da escada, Harry passa a ser o bruxinho mais conhecido do mundo dos bruxos, aquele que sobreviveu a Voldemort.  Durante todo este livro a autora deixa sinais do que acontecerá nos livros posteriores, porém  só conseguimos entendê-los nos livros posteriores. Ela é realmente genial!