}

terça-feira, 9 de maio de 2017

[RESENHA] Salem, Stephen King

Por: Ana Luiza Berger

Olá pessoal, esta é minha primeira resenha para o Blog e estou muito animada para trazer muitas novidades e vários outros gêneros de livros para vocês. Além de fantasias, sou apaixonada por suspense, livros que te deixam com aquele friozinho na barriga e te envolvem em grandes mistérios.
Vou estar trazendo grandes obras de autores renomados do suspense como, Stephen King, Agatha Christie, Edgar Allan Poe, Sherlock Holmes e muito mais.


Salem

ISBN-13: 9788581050454
ISBN-10: 858105045X
Ano: 2013 / Páginas: 460
Idioma: português
Editora: Suma de Letras


Sinopse: Ambientado na cidadezinha de Jerusalem's Lot, na Nova Inglaterra, o romance conta a história de três forasteiros. Ben Mears, um escritor que viveu alguns anos na cidade quando criança e está disposto a acertar contas com o próprio passado; Mark Petrie, um menino obcecado por monstros e filmes de terror; e o Senhor Barlow, uma figura misteriosa que decide abrir uma loja na cidade.Após a chegada desses forasteiros, fatos inexplicáveis vêm perturbar a rotina provinciana de Jerusalem's Lot: uma criança é encontrada morta; habitantes começam a desaparecer sem deixar vestígios ou sucumbem a uma estranha doença. A morte passa a envolver a pequena cidade com seu toque maléfico e Ben e Mark são obrigados a escolher o único caminho que resta aos sobreviventes da praga: fugir. Mas isso não será tão simples, os destinos de Ben, Mark, Barlow e Jerusalem's Lot estão agora para sempre interligados. E é chegada a hora do inevitável acerto de contas.




A história se passa na pacata cidade Jerusalem´s Lot, fundada em 1765 e mais conhecida como Salem, uma pequena cidade ao leste de Cumberland próxima à Portland, na década de 70. Ben Mears, um escritor que perdera a esposa não fazia muito tempo, retornava à cidade Salem, onde passou a maior parte da infância em busca de desenterrar algumas histórias de seu passado que envolve a misteriosa casa Marsten.
O que pretendia, voltando a uma cidade onde vivera durante quatro anos de sua infância, em busca de algo irremediavelmente perdido? Que magia ele esperava resgatar refazendo os caminhos que percorrera quando menino e que provavelmente haviam sido afastados, aplainados, desmatados e cobertos com latas de cerveja deixadas por turistas 

A trama é composta por  elementos fundamentais:
A misteriosa casa Marsten, antiga moradia de Hubert Marsten e sua mulher Birdie, que fora palco de uma terrível tragédia no verão de 1939.

Ele e a mulher se mudaram para ‘ salem em 1928, donos de uma fortuna, mas perderam boa parte dela (ninguém sabia exatamente quando, nem mesmo Mabel Werst) na quebra da bolsa de valores em 1929.

Os moradores da cidade, famílias e trabalhadores que compõe todo o cenário de uma típica cidade pequena do interior, onde as notícias correm e todos ali se conhecem; Um misterioso homem e seu sócio que chegam à cidade interessados em especial pela mansão, e um jovem garoto com grande interesse em monstros.

Ele chegara ao escritório de Crockett numa ensolarada tarde de julho havia mais de um ano. Saiu do carro e ficou um instante na calçada antes de entrar. Era alto e vestia um sóbrio terno de três peças, apesar do calor. Era careca como uma bola de bilhar, e igualmente imune ao suor.

Com o tempo os acontecimentos vão se desenrolando e se conectando  gerando um grande mistério na cidade. Crianças e pessoas começam a desaparecer misteriosamente, muitas adoecem e morrem e Ben tem um pressentimento que tudo isso está relacionado à mansão e seus novos moradores, Sr. Straker e seu sócio Sr. Barlow.

Ninguém decretou a morte de Jerusalem´s Lot na manhã de 6 de outubro. Ninguém sabia que a cidade estava morta.

Ben Maears se junta a Susan Norton, uma moça que anseia por uma vida em Nova York longe de Salem; o professor Matt Burke, que começa a se questionar sobra suas crenças criando uma teoria sobre que está acontecendo; o médico Dr.Jimmy Cody e o padre Callahan, um homem que ultimamente não tem mais certeza sobre sua fé e sofre com problemas com álcool.
De acordo com o que o leitor vai lendo, vai gerando uma grande tensão à medida que alguns mistérios vêm à tona e vai gerando diversas suposições em relação à história. Os acontecimentos são de tirar o fôlego, o cenário e os demais personagens são muito bem descritos, é detalhado muito bem a cidade e seus estabelecimentos, algo que foi fascinante e nos faz sentir parte daquele enredo.



Curiosidades
  • A obra de Stephen King foi escrita em 1975 e inspirada no clássico Drácula de Bram Stoker;
  •  O filme possui 2 adaptações cinematográficas, A mansão Marsten de 1979 e seu remake de 2004, ambos são boas adaptações do romance de King, a história dos filmes tem poucas modificações e agradou muito ao público. 
  • Além dos filmes, a obra teve uma adaptação para uma minissérie de poucos capítulos e outro filme como continuação, O Retorno a Salem's Lot de 1987;
  • Anteriormente o título da obra era: A hora do Vampiro e após a  editora Suma relançar o livro, seu nome foi modificado para Salem.